• TARDO A TER A CERTEZA

    Tardo a ter a certeza

    Que nunca vi faltar

    No teu gesto ingénuo e audaz

     

    Todo um mundo à espreita

    Para poder traçar

    As fronteiras da tua vontade

     

    Desde o primeiro dia

    Foste capaz

    De sonhar o mais alto que se pode pode sonhar

     

    Medos e preconceitos

    Egos insatisfeitos

    Longe do teu lugar

     

    E eu ando aqui à espera

    De uma qualquer maneira

    De uma miragem

    De uma coragem

    Nova

     

    Tardo a ter a certeza

    Que nunca vi faltar

    No teu gesto ingénuo e audaz

     

    Mas as minhas fraquezas

    Não devem limitar

    As fronteiras da tua vontade

     

    Minha querida malandra

    Valente e capaz

    Mostra ao mundo que és tu quem o faz