CONTRAMÃO

Levei tempo a decorar

Cada curva, cada nó

Do caminho que me fez

Ir um pouco mais além

E não voltei a esquecer

 

Foram dias sem te ouvir

Sem canções a repetir

Eu conto voltar

 

Quero ter o teu pudor

Quantas vezes é que foram

Sem ter a razão a comandar

Corpo mole até descontrolar só

 

Ah, o delírio a ser mais forte

A mandar em contramão

A roubar quase tudo o que encontra

Com fome de compreensão

 

Fica tudo a minha volta

A anoitecer de dia

A dormir, a correr

A nascer de novo

 

Sem ver um pouco mais ao longe foi assim

Deixar a roupa pelo chão

 

Enquanto a escuridão ficar

Enquanto mandar, não vai mudar

Não volto a tomar o rumo certo

  • White Spotify Icon
  • White iTunes Icon
  • White Instagram Icon
  • White Facebook Icon
  • White YouTube Icon
  • White Deezer Icon
  • White Google Play Icon

afonsocabralmusica@gmail.com

Fotografias © Vera Marmelo